23 de dez de 2012

Dicas: Quais livros pedir nesse natal?

Ah, o Natal! Aquela época de refletir sobre nossas atitudes, comemorar com quem nós amamos.. E DE LIVROS! Sim, livros! Por que todo apaixonado por livros já pediu um livro de Natal (ou no meu caso, BEM mais que um só livro). Esse é um bom momento para pedir aqueles livros com um precinho mais salgado ou aqueles que você queria tanto comprar e acabou gastando seu dinheiro com outro. De qualquer modo, aqui vai a minha sugestão para vocês pedirem para seus pais, avós, tios, pros vizinhos..

1- O Diário de Anne Frank, Editora Record.
O clássico! Conta a história de Anne Frank, uma garota que viveu em plena Segunda Guerra Mundial. Tendo que viver com a constante ameaça de ser expulsa de seu próprio país, ela e sua família se escondem em um abrigo durante um longo tempo, no qual se dedicou a escrever um diário que mais tarde seria transformado nesse mesmo livro. A história é envolvente, ao mesmo tempo em que é triste e te fazer querer entrar na história e salvar Anne. O fato de ser narrado por Anne, faz com que a Segunda Guerra Mundial seja algo "mais próximo" da nossa realidade e, portanto, diferente daquela que conhecemos nas escolas. Um livro incrível, daqueles em que você lê e relê várias e várias vezes, sem nunca deixar de se emocionar.

2- Contos dos Irmãos Grim, Editora Rocco.
Os irmãos Grim foram dois irmãos responsáveis pela criação de contos que fizeram parte da infância de todos nós, como Cinderela, Branca de Neve ou alguns não tão conhecidos, como O Rei da Montanha de Ouro. Porém, todos essas histórias foram ganhando diferentes versões ao longo do tempo e você poderá conhecer as suas versões originais neste livro. Você pode ler o livro em apenas 2 dias, mesmo ele tendo um número considerável de páginas. É divertido e carrega versões surpreendentes daquelas inocentes histórias com que estamos acostumados.

3- As Vantagens de ser Invisível, Editora Rocco.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

E vocês? Quais outros livros vão pedir pro papai noel? :)

O ULTD está de volta!

Eaí, pessoal?

Depois de 3 meses sem post nenhum (motivos pessoais, me desculpem), o Um Livro Todo Dia está de volta! Nesse tempo, li vários livros e vou postando sobre eles com o tempo. Também teremos novidades aqui, como novos moderadores e novas categorias. As novidades virão com o tempo, e as sugestões serão sempre bem vindas nos nossos comentários! 

Abraços,
Lais.

27 de set de 2012

10 escritores que já "deram as caras" em Os Simpsons!

Como vocês já sabem, uma das coisas mais legais (pelo menos na minha opnião) em Os Simpsons é o fato deles usarem muitas refêrencias da vida real em seus episódios: Filmes, atores, bandas... E escritores! Aqui, você acompanha alguns dos escritores que apareceram em Os Simpsons e fizeram a alegria dos fãs ou foram, no mínimo, garantia de boas risadas.

À esquerda, Neil Gaiman e, à direita, Stephen King.

Neil Gaiman, o cara conhecido pelos seus livros de fantasia e Sci-fi, apareceu em Springfield, cidada fictícia de Os Simpsons, para ensinar Homer, Bart e outros moradores a escreverem um romance com vampiros, trolls e outras criaturas conhecidas da cultura pop atual. Já em outro episódio, Marge estava em uma feira do livro, quando encontrou Stephen King e fez questão de exigir que ele a ligasse quando voltasse a escrever livros de terror.



Durante um episódio em que a família mais estranha do mundo dos desenhos passa na Europa, Lisa encontra J. K. Rowling e lhe agradece por ter usado Harry Potter para transformar uma geração de jovens leitores.





Na mesma feira do livro em que Lisa encontra J. K. Rowling, Amy Tan aparece como o principal motivo da família Simpson ter ido visitar a feira do livro, já que Lisa era sua fã e foi até lá tentar conhecer a escritora.

15 de set de 2012

Eu Quero: Resposta Certa - David Nicholls

Olá, pessoal! Depois de uma fase sem postar (tudo por culpa a minha escola que aplica provas durante a semana toda, sem descanso), voltamos com mais um livro: Resposta Certa de David Nicholls, que eu me lembro bem de ver pelo menos 5 pessoas procurando por ele nos estantes que eu passei da Bienal. Vamos lá? :)

Sinopse: Resposta Certa - David Nicholls. O ano é 1985. Brian Jackson, com uma bolsa de estudos e ótimas notas, acaba de entrar para a universidade. E parece que finalmente conseguirá realizar um antigo sonho: aparecer em um popular programa de perguntas e respostas na televisão, onde poderá demonstrar todo o seu repertório de cultura geral. Após entrar para a equipe da faculdade e passar pela fase classificatória, Brian se prepara para seu primeiro embate televisivo, ao mesmo tempo em que se vê apaixonado por uma de suas colegas de time: a linda, inteligente e assustadoramente elegante Alice Harbinson. Quando Alice se recusa a ceder aos encantos ligeiramente ansiosos de Brian, ele aparece com um plano infalível para conquistar o coração de sua amada de uma vez por todas. Ele vai ganhar o jogo. A qualquer custo. Porque, afinal, todos sabem que o que uma mulher realmente procura em um homem é uma vasta gama de conhecimentos gerais...

Vai ser o meu próximo livro! E vocês, ficaram com vontade de comprar? :)

6 de set de 2012

"Como se Tornar o Pior Aluno da Escola" irá de tornar filme.


Atualmente na televisão com o programa "Agora é Tarde", na Band, Danilo Gentili irá começar a fazer comédia no cinema também. O livro que ensina as milhares de artimanhas de como matar aula, colar em provas etc, irá chegar as telonas por meio da Clube Filmes. Numa entrevista dada ao site UOL, o comediante afirmou que o objetivo é fazer uma comédia "engraçada que faça rir", o que segundo o autor é ainda raro no cinema nacional: "Nos últimos anos, quando vejo comédia nacional no cinema, eu penso: "Nossa, que legal, mas se essa comédia fosse engraçada ou fizesse rir, poderia ser mais legal, não acha?". O foco e o esforço aqui serão para isso"  e que será voltado para o público jovem, que é o foco do projeto. 


O livro é também inspirado na vida escolar de Gentili: No passado, Danilo era um grande piadista e se considerava "o vingador dos rejeitados". Para os alunos que sofrem com a implicância dos outros, o humorista tem uma dica "O lance é zombar de si mesmo antes dos outros, aí perde a graça. Depois, descubra o ponto fraco deles, porque todo mundo tem um". O livro é também uma crítica ao ensino de hoje: "Toda criança é ensinada a obedecer cegamente, sem pensar. A escola te prepara para o trabalho, onde você vai receber ordens do seu chefe. É tudo muito chato". Mesmo assim, o autor finaliza dizendo que o livro não deve ser levado a sério: "O grande objetivo do meu livro é divertir. Ele é uma grande piada sobre isso." As filmagens devem começar em 2013.


Já falamos sobre o livro aqui no blog, e você pode conferir a resenha aqui.

Resenha: Melancia - Marian Keys

O livro de hoje é mais um daqueles livros que estouraram e renderam alguns milhões em direitos autorais para quem os escreveu. Estamos falando de Melancia, o livro escrito por Marian Keys. Poucos sabem, mas ela é, além de escritora, formada em direito, mesmo sem nunca ter exercido a profissão, e que o livro é também o resultado de uma grande batalha na vida pessoal da escritora: Marian morou em Londres por muitos anos e trabalhou como garçonete ou em escritórios. Foi nesse momento que sua luta contra o alcoolismo começou e que rolou até uma tentativa de suicídio por parte dela. E foi no final disso, que a escritora lançou o livro que a fez ficar conhecida e que vamos falar hoje no blog.


Sinopse: Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito...” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, paea convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa...

Opnião:
Eu já havia ouvido falar tão bem do livro que resolvi ler. Infelizmente, o livro não foi tudo o que eu achava que seria. O livro é bom, sim. O livro (ou pelo menos o começo dele) também é engraçado e eu adorei durante as primeiras páginas até Claire, a personagem principal, se tornar forçada e com pensamentos altamente fantasiosos. Acredito que a história seja boa, mas senti necessidade de pular certas partes.

Avaliação:


29 de ago de 2012

Dicas de como se tornar um leitor dinâmico

Para entendermos o que é leitura dinâmica, devemos entender um pouco sobre o nosso próprio método de leitura: Quando aprendemos a ler, somos ensinados a dividir as palavras em sílabas para facilitar nossa leitura. Essa técnica é chamada de vocalização das palavras. Desse jeito, as sílabas vão formando as palavras para depois se tornarem frases. Esse modo de ler se torna tão comum que nem percebemos mais que fazemos isso. Porém, um leitor dinâmico aprende a ler por blocos de palavras, por exemplo:

"O verdadeiro analfabeto/ é aquele que aprendeu /a ler e não lê."

Isso faz com que a pessoa não fique presa apenas nas sílabas e comece a captar a ideia do que lê. Seguindo alguns passos você pode aprender a ler desse jeito: 


1- Escolha um lugar melhor: Tenha preferência por lugares em que você não seja atrapalhado, que não tenha grande movimentação de pessoas e que seja bem iluminado e confortável. Qualquer ruído externo pode retirar sua atenção.

2- Não leia em voz alta: O cérebro compreende mais rápido as palavras do que você consegue pronunciá-las. Não perca tempo lendo em voz alta se você consegue compreender o texto melhor.

3- Descubra quantas palavras lê por minuto: Pegue um livro qualquer e conte quantas palavras tem nessa páginas, quantas em média tem nas linhas e quantas linhas tem a tal folha. Multiplique. Depois, conte quantos minutos você demorou para ler essa folha e faça o seguinte cálculo (num tempo de leitura de 47 segundos): 

  1. Tempo de leitura: 47s ÷ 60 = 0,78min
  2. Palavras por folha: 250 >> 250 ÷ 0,78 = 320 pl/min
Essa calculo irá saber quantas palavras você lê antes de começar a treinar.

E vocês? Acham que vale a pena se tornar um leitor dinâmico?